Universidade Federal transforma bebida contrabandeada em álcool em gel no RS


Pesquisadores da Unipampa transformam bebidas apreendidas pela Receita Federal em solução alcoólica antisséptica Foto: Adriane Hirdes/Unipampa)

Bebidas contrabandeadas e apreendidas pela Receita Federal estão sendo transformadas em álcool 70% na Universidade Federal do Pampa (Unipampa), em Bagé (RS). É o projeto Etanóis, tocado por 20 professores e técnicos. “Começamos as destilações no dia 2 deste mês e até agora temos 100 litros de álcool purificado”, informa um dos coordenadores, o químico Udo Sinks. Até o final de abril, a meta é obter 400 litros de álcool. “Este volume será transformado em 500 litros de solução alcoólica antisséptica”, acrescenta.


O processo utilizado é a destilação fracionada. Com os aparelhos disponíveis nos laboratórios do campus, o grupo projeta obter o álcool entre 80º e 90°. No processo, separa-se a água do etanol por meio da evaporação e, depois, com a condensação, os vapores são transformados para o estado líquido. No decorrer da destilação, retira-se os compostos aromáticos que cada bebida carrega. Uísque, vodca e outros destilados estão sendo convertidos em álcool em gel não somente em Bagé, cidade próxima à fronteira com o Uruguai, mas também nos laboratórios de mais dois campi da Unipampa, os de Uruguaiana e Itaqui, ambos situados junto à divisa com a Argentina. A universidade foi criada em 2008. Possui sede em Bagé e presença em dez municípios da Campanha gaúcha.


Bagé, Uruguaiana e Itaqui são três municípios em que a Receita Federal atua e confisca bebidas contrabandeadas, oriundas dos países vizinhos. A Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) também está tocando um projeto para fabricar álcool em gel a partir de bebidas doadas pela Receita. “Todas as bebidas alcoólicas podem ser destiladas, mas, quanto menor o teor alcoólico, mais demorada é a purificação, como no caso do vinho e da cerveja”, repara Sinks. Além do químico, também partilham a coordenação do trabalho as pesquisadoras Catarina Moura, de Engenharia de Alimentos; Gabriela da Rosa, de Engenharia Química; e Elisabete da Silva, formada em Farmácia.

Fonte: https://www.brasildefato.com.br/

4 visualizações
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone SoundCloud

Contato

Telefone: (84) 3211-4491

E-mail: seapac.estadual@seapac.org.br

Endereço

Cep: 59065-290

Rua Trajano Murta, 3317 – Candelária, Natal-RN

Links Rápidos

©2018 por S.talk. Todos os direitos reservados SEAPAC-RN