Seminário discute dessalinização, reuso e tratamento de águas e efluentes


Momento do Seminário (Foto: www.cidades.gov.br)

Gestores públicos, especialistas, iniciativa privada, profissionais do setor e acadêmicos brasileiros e de outros países se reuniram, dias 22 e 23, em Salvador-BA, para discutir e trocar experiências exitosas sobre tecnologias disponíveis para a dessalinização, reuso e tratamento de águas e efluentes. O Seminário Internacional foi organizado pela Associação Latino-Americana de Dessalinização e Reuso da água (Aladyr), com o apoio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e da Secretaria do Meio Ambiente do Estado (Sema).


Referência internacional no desenvolvimento de tecnologias de convivência com a seca, o Brasil investe em diversas ações há anos para garantir água à população que vive no semiárido e sofre com longos períodos sem chuva. O mercado brasileiro representa um importante incentivo e desafio. O Governo Federal busca soluções tecnológicas voltadas para a redução de perdas nos sistemas de abastecimento, garantindo maior eficiência hídrica, além do reuso de água nas cidades, indústrias e agricultura.


Um dos destaques do Seminário foi a tecnologia de membranas utilizadas para dessalinizar a água do mar em diversos países, a exemplo de Israel, Austrália, Chile, Espanha, entre outros. No Brasil, está em implementação a primeira estação de dessalinização de água marinha de grande porte, em Fortaleza (CE).

Fonte: http://www.cidades.gov.br

7 visualizações0 comentário