Semiárido brasileiro recebe agricultores da América Central


Imagem do intercâmbio de brasileiros à América Central (www.asabrasil.org.br)

“Compartilhar é também um ato de solidariedade, um ato político. E nós precisamos compartilhar aquilo que aprendemos para que outros possam melhorar suas vidas, para que outras possam ter mais dignidade para viver em uma região seca, em uma região semiárida”. O depoimento de Alexandre Pires, coordenador da ASA Brasil pelo estado de Pernambuco e da ONG Centro Sabiá, anuncia o espírito do “Intercâmbio entre agricultores e agricultoras de áreas áridas e semiáridas do mundo”, promovido pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) e a ASA.

Esta ação vai unir o Semiárido Brasileiro a outras regiões com dificuldades de acesso à água na América Central e África, através de vários intercâmbios, para promover a troca de experiências e de conhecimentos e renovar o ânimo e a resistência de quem se dedica à agricultura e vive sendo desafiado pelo clima, ora trazendo secas prolongadas, ora tanta chuva que deixa rastros de destruição.

Na semana que vem, de 25 a 30 de junho, acontece a segunda etapa do intercâmbio, quando os campesinos e campesinas e técnicos da Guatemala, El Salvador e Honduras visitarão o Semiárido brasileiro. Em abril passado, uma comitiva com agricultores e agricultoras de todos os estados da região semiárida brasileira e representantes técnicos e políticos da ASA foram ao Corredor Seco e conheceram a realidade das pessoas que vivem nas áreas rurais da Guatemala e El Salvador.

Na semana que vem, os visitantes vão conhecer uma parte do Semiárido dos estados da Paraíba e Pernambuco. A primeira parada, no dia 26, é na comunidade Sussuarana, município de Juazeirinho, região do Seridó paraibano. No dia 27, a delegação segue para a região da Borborema, município de Esperança-PB. Nos dias 28 e 29, a comitiva visita a região Agreste de Pernambuco. No município de Bom Jardim, a comunidade do Feijão, e no município de Cumaru, a comunidade de Pedra Branca. No dia 30, está prevista a ida dos centro-americanos na Feira Agroecológica das Graças, a mais antiga de Pernambuco, com 20 anos.

Fonte: www.asabrasil.org.br

7 visualizações
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone SoundCloud

Contato

Telefone: (84) 3211-4491

E-mail: seapac.estadual@seapac.org.br

Endereço

Cep: 59065-290

Rua Trajano Murta, 3317 – Candelária, Natal-RN

Links Rápidos

©2018 por S.talk. Todos os direitos reservados SEAPAC-RN