Segunda barragem de rejeitos minerais da Vale se rompe e contamina população


Área da barragem antes e depois do rompimento (www.brasildefato.com.br)

A cidade de Brumadinho, em Minas Gerais, foi atingida pelo rompimento da barragem do Córrego do Feijão, da mineradora Vale do Rio Doce, no início da tarde desta sexta-feira, 25 de janeiro. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, os moradores da cidade, que fica na grande Belo Horizonte, receberam um alerta para evacuar a região. O museu Inhotim, que fica na cidade de Brumadinho, também está sendo evacuado.


Ainda segundo os Bombeiros, há vítimas. A Vale, a mesma empresa responsável pela barragem de Fundão, que rompeu em novembro de 2015 e assolou a bacia do Vale do Rio Doce e a cidade mineira de Bento Rodrigues, em Mariana, disse que apenas a parte interna da barragem e uma parte da comunidade Vila Ferteco foram atingidas.


O rompimento acontece menos de 4 anos depois do que aconteceu com a Barragem do Fundão. “É uma irresponsabilidade criminosa, porque estamos tratando do mesmo grupo, em menos de três anos novamente e na mesma região, comentou o Deputado Federal Reginaldo Lopes (PT-MG).

A ala de emergência da unidade de saúde, do Hospital João XIII, de Belo Horizonte, foi fechada para receber os feridos. Até o momento, duas mulheres, uma de aproximadamente 22 anos e outra de 15 anos, atingidas pela lama, deram entrada no local.

Fonte: www.brasildefato.com.br

26 visualizações0 comentário