top of page

Seapac realizou o encontro de avaliação da construção das cisternas do P1MC no Seridó


CAIO BARBOSA | ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO - SEAPAC

Parelhas | Rio Grande do Norte

No último sábado (10) às famílias rurais de Parelhas e Equador estiveram reunidas com o Seapac na sede do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Parelhas (RN) para o processo de avaliação da construção da tecnologia social do P1MC: cisternas para a água de consumo. Ao todo foram 40 famílias atendidas pelo projeto, essas famílias agora podem armazenar até 16 mil litros da água para o seu consumo próprio, com isso, garantindo o acesso à água de qualidade e a Segurança Hídrica na comunidade.


A atividade realizada contou com a participação das 20 famílias de Equador e 20 famílias de Parelhas, além da equipe do Seapac e do coordenador estadual da instituição, Francisco Teixeira. O projeto é fruto de uma emenda parlamentar do deputado estadual Francisco do PT - que esteve representado na reunião pelo seu assessor - e celebrado no convênio 04/2022 firmado com a Secretaria Estadual do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos do Rio Grande do Norte (SEMARH) para a construção dessa tecnologia social do P1MC.


Durante o encontro todos os participantes puderam avaliar as etapas de construção das cisternas, desde a qualidade do material (areia, ferro, cimento...), o trabalho feito pelos cisterneiros (equipe da construção), além da qualidade do filtro de barro e da cesta básica entregues a cada uma das famílias, bem como, avaliaram todo o trabalho desenvolvido pelo Seapac na região.


A felicidade e a esperança por dias melhores, com água para beber e cozinha, tomou conta do auditório do Sindicato, e ficou nítida essa reação por parte das famílias durante as falas, que de comum acordo, avaliaram como positiva a consolidação desse projeto na região. A implementação da tecnologia social do P1MC é uma ferramenta importante para garantir não só para as famílias, mas para as comunidades rurais como um todo água potável.


19 visualizações0 comentário
bottom of page