top of page

Seapac realiza encontro municipais para implementação dos sistemas de reúso de águas no Seridó

Estão sendo realizadas as reuniões municipais de apresentação do projeto nos municípios de Caicó, Cruzeta e Currais Novos.

Reunião municipal em Caicó do projeto "Semeando Esperança no Seridó potiguar". (FOTO: Núcleo de Comunicação do SEAPAC)

Caio Barbosa - Assessoria de Comunicação do SEAPAC Natal | Rio Grande do Norte


A equipe do projeto “Semeando Esperança no Seridó potiguar” ao longo desta semana está visitando os três municípios que irão receber os sistemas de reúso de águas cinza. Os encontros com as lideranças e representantes municipais começaram por Caicó, seguindo por Cruzeta e Currais Novos. O projeto tem como objetivo fomentar e fortalecer a agricultura familiar de base agroecológica e a cultura da bovinocultura leiteira no Seridó potiguar.


Na manhã desta última terça-feira (5) o Seapac se reuniu no auditório do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Caicó com representantes do sindicato, da secretaria de agricultura, Emater, Banco do Nordeste, além das associações comunitárias e famílias das comunidades rurais do município. A reunião municipal faz parte das etapas de desenvolvimento do projeto do Seapac na região.


Durante o dia de hoje, o encontro acontece no Centro Social Monsenhor Ernesto da Silva Espínola do município de Cruzeta e tem como finalidade apresentar o projeto na sua totalidade, além do debate sobre os critérios para seleção das comunidades e famílias que vão ser beneficiadas com a tecnologia social. Na quinta-feira a equipe do Seapac segue para Currais Novos para mais uma reunião municipal, o encontro no município será no Ciac - Centro Integrado de Ação Comunitária Dom Manuel Tavares.



SEMEANDO ESPERANÇA NO SERIDÓ POTIGUAR

O Seapac iniciou seu processo de mobilização para construção de 30 sistemas de reúso de águas cinza que irão beneficiar 30 famílias dos municípios de Caicó, Cruzeta e Currais Novos. O projeto tem como objetivo fomentar 30 unidades de produção da agricultura familiar por meio da produção agroecológica de forragens com uso de águas de reúso. Além disso, o projeto pretende incidir em mais 8 municípios da região do Seridó: Acari, Jardim do Seridó, São João do Sabugi, Serra Negra do Norte, Parelhas, Lagoa Nova, Jucurutu e Florânia.


Diante da iminência dos anúncios de seca e da falta do abastecimento de água e seca na região do Seridó, o Seapac tem neste projeto uma proposta concreta para ajudar na mitigação e nos efeitos das mudanças climáticas. O projeto ajudará cada família e comunidade beneficiada na redução da instabilidade hídrica e do desperdício das águas, na redução da poluição de mananciais e do solo, além de contribuir diretamente para o aumento da produção de alimentos saudáveis (sem veneno).


Reunião municipal em Cruzeta. (FOTO: Núcleo de Comunicação - SEAPAC)

O projeto "Semeando Esperança no Seridó potiguar" conta com o apoio do Banco do Nordeste e é a continuação de uma parceria de sucesso. O modelo deste projeto foi aplicado na região do Alto Oeste com o apoio do Banco e obteve resultados significantes, que levaram ao desenvolvimento de pesquisas pelas Universidades Públicas e também parceria com a Emater, Emparn e secretárias municipais.


Após as reuniões municipais, a equipe do Seapac fará encontro comunitários já visando organizar e selecionar as famílias que irão participar do projeto e terão um acompanhamento técnico-pedagógico durante 24 meses. Nesse cenário os trabalhos vão além da implementação da tecnologia social, também haverá intercâmbios rurais e Dias de Partilha, uma metodologia do Seapac que fomenta o saber popular e uma melhor integração de convivência comunitária junto ao Semiárido potiguar.



12 visualizações0 comentário
bottom of page