Seapac realiza dia de partilha de saberes em agroecologia


Pilha da compostagem, pronta para ser coberta com palhas (Foto: Fabrício Edino)

A Unidade Produtiva Familiar (UPF) de seu José Romildo e dona Lucelma, no sítio Açude, do Município de São Miguel, alto oeste do Rio Grande do Norte, recebeu, hoje, 8 de novembro, um grupo de outras famílias (cerca de 30 pessoas) que praticam a produção de alimentos dentro dos princípios da agroecologia. “Tivemos, também, a presença de outros parceiros, como os representantes do SINTRAF, da FETRAF e do STTA, EMATER, além dos Secretários de Agricultura e da Ação Social de São Miguel, e do Pe. Valdeci, que tem apoiado este trabalho e deu a bênção no final da partilha. Foi um dia de partilha de saberes em agroecologia, tendo como atividade prática coletiva a produção de adubo orgânico através da compostagem”, explica o agrônomo Fabrício Edino, do Núcleo do Seapac em Pau dos Ferros.


A compostagem é uma das formas de produção de adubo orgânico, utilizando esterco de animais (no caso foi usado o de gado e de ovelhas), cama de frango, palhas e cinzas. Todos os ingredientes são sobrepostos em forma de camadas. “No final, cobre-se a pilha da compostagem com palhas, para manter a umidade. Dentro de 30 dias, faz-se a revirada de todo esse material”. O objetivo é fazer o processo de diluição de todo o material, que vira adubo orgânico, rico em nutrientes e utilizado na adubagem de fruteiras e canteiros de hortaliças. “É um processo que recicla materiais e gera vida”, diz Fabrício.


Além da produção da compostagem, o dia também teve partilha de outros saberes. Foi apresentada a produção de um vinagre orgânico, feito a partir do uso do caldo de cana e a palha do milho roxo. “A família de seu Romildo e dona Lucélia também apresentou uma estratégia bem prática para amadurecer a banana, de forma natural, sem usar carboreto ou outro produto químico. A família usa casca de frutas maduras com álcool, e tem 100% de eficiência”, relata o Agrônomo do Seapac.


Uma das participantes do dia de partilha de saberes foi dona Abigail, do Sitio Bonito, também de São Miguel, que comentou a experiência vivenciada. “Foi um dia maravilhoso, vendo a natureza e as maravilhas que Deus criou. Gente, isso não tem preço! É o paraíso na terra”, comentou dona Abigail.

Momentos da partilha (Fotos: Fabrício Edino):



24 visualizações
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone SoundCloud

Contato

Telefone: (84) 3211-4491

E-mail: seapac.estadual@seapac.org.br

Endereço

Cep: 59065-290

Rua Trajano Murta, 3317 – Candelária, Natal-RN

Links Rápidos

©2018 por S.talk. Todos os direitos reservados SEAPAC-RN