top of page

Seapac entrega 117 cisternas para as famílias rurais de Lajes Pintadas (RN)

Projeto executado na região do Trairi democratiza o acesso à água e assegura o Direito à Segurança Hídrica e Alimentar das famílias da zona rural.


Família beneficiada com o projeto do P1MC. (FOTO: Núcleo de Comunicação do Seapac)

CAIO BARBOSA | ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO - SEAPAC

Natal | Rio Grande do Norte


Junto com as chuvas de verão, chegou também o Direito à Segurança Hídrica para mais de 400 pessoas nas comunidades rurais de Lajes Pintadas. O Seapac está finalizando a entrega das cisternas do P1MC que irão beneficiar diretamente 117 famílias em 19 comunidades da região. As cisternas do P1MC são fundamentais para as comunidades rurais, pois garantem o acesso à primeira água, para o consumo humano: água de beber e cozinhar. Essa ação faz parte do Programa Um Milhão de Cisternas com apoio de emenda da Senadora Zenaide Maia via Ministério da Cidadania.


Ao longo dos últimos meses a equipe do Seapac no Trairi vem trabalhando na implementação desta tecnologia social, fundamental para as famílias no convívio integrado ao Semiárido Potiguar. As cisternas do P1MC são um construção de baixo custo, feitas de placas de cimento pré-moldadas e construídas ao lado das casas, que são interligadas por um sistema de calhas que possibilita a captação de 16 mil litros da água provenientes das chuvas. Essa tecnologia garante o abastecimento de água no território no período de estiagem, como também ajuda na descentralização e democratização do acesso à água potável, mudando a realidade das famílias, que passam de dependentes a gestora do seu próprio recurso: água.


Etapa de construção da cisterna do P1MC. (FOTO: Núcleo de Comunicação do Seapac)

Atualmente a equipe do Seapac vem entregando para cada uma das famílias atendidas no projeto um filtro de barro como material fundamental para o sistema de armazenamento da água. O projeto foi executado em várias etapas, desde as escavações, passando pela capacitação de pedreiros e das famílias que tiveram o curso de GRH - Gerenciamento de Recursos Hídricos, tudo isso para capacitar os beneficiários na gestão do seu recurso e dando autonomia para uma melhor convivência no semiárido. Ainda dentro do projeto, as famílias receberam uma cesta básica para ajudar na alimentação durante a execução das atividades no território.


A implementação da tecnologia social do P1MC foi realizada ao todo em 19 comunidades rurais em Lajes Pintadas, as famílias que estão recebendo as cisternas são das comunidades de Barro Preto, Bento Nunes, Boqueirão, Bom destino, Catolé, Cabaceira, Inharé, Malagueta, Mata Verde, Pau Queimado, Pedra Preta, Serra Verde, Saco de Dentro, Serra de Manoel Carlos, Sítio Cachoeiras, Sítio Riachão, Tanque Novo, Tapera e Timbaúba. Essa ação do Seapac é uma consolidação do trabalho realizado na região Trairi ao longo dos seus 30 anos, e conta com o apoio das associações e conselhos comunitários da região.


Água é um Direito Humano

A tecnologia social do P1MC democratiza o acesso à água. (FOTO: Núcleo de Comunicação do Seapac)

No Semiárido, muitas famílias ainda sofrem por não terem acesso à água. E água potável é um direito de todos os cidadãos e cidadãs, pois ela é fundamental para a segurança hídrica, alimentar e nutricional de cada família rural. A experiência do P1MC é um novo caminho para a convivência no Semiárido, e é preciso consolidar a construção das políticas públicas que garantam essa melhor convivência das famílias com os seus territórios. A conquista da água, não é um benfeitoria individual, e sim, comunitária, pois onde tem água, tem vidas.


29 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page