Respeito à diversidade é tema de oficinas em escolas rurais


Jovens refletem sobre o respeito às diferenças (Foto: arquivo Esplar)

“Tudo começa com o respeito”. É com esse lema que a estudante Anna Kelly da Silva Morais, 13 anos, protagoniza o processo de enfrentamento ao racismo na escola Santa Rita, no assentamento Transval, Município de Canindé-CE. “É preciso respeitar o outro. Respeite quem eu sou. Respeite a minha pele. Respeite o meu cabelo”, afirma a jovem. Anna se apresentou orgulhosamente como negra durante as oficinas do projeto Educação Ambiental nas Escolas, que abordou o respeito às diferenças em 2018. A atitude da jovem é sinal de uma mudança de paradigma. “Se todos fossem iguais, não seria bom. Todo mundo da mesma cor, usando a mesma roupa, pensando a mesma coisa, seria muito chato”, constata.


Verem-se representadas na televisão tem impacto na autoestima e no processo de aceitação de milhões de jovens como Anna Kelly, que aponta a atriz Taís Araújo e a jornalista Maju Coutinho como referências. Por outro lado, o exemplo de Anna ainda está longe de ser majoritário, conforme o professor Elivan Almeida. Ele relata que algumas crianças têm dificuldade de se identificar como negras porque o preconceito ainda impera.


De acordo com Eliete Almeida Bezerra, diretora da escola, o combate ao racismo ocorre por meio da conscientização de toda a comunidade escolar. “Esse tipo de atitude nunca ajuda o agressor a evoluir como ser humano em suas relações”, afirma. Para a diretora, as oficinas do projeto Educação Ambiental nas Escolas ajudam a fomentar o debate sobre diversidade na escola. “Os temas desenvolvidos nesse projeto fortalecem fatores relacionados à Educação, como o respeito, as diversidades escolares e ambientais”, afirma.


O projeto Educação Ambiental nas Escolas atua em 20 escolas dos municípios cearenses de Canindé, Choró, Quixadá, Santana do Acaraú e Sobral, beneficiando 816 estudantes. O trabalho de oficinas educativas com crianças e adolescentes é realizado pelo Esplar - Centro de Pesquisa e Assessoria com financiamento da organização internacional ActionAid. Em 2018, o tema norteador das oficinas foi “Respeito à Diversidade”.

Fonte: www.asabrasil.org.br

5 visualizações
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone SoundCloud

Contato

Telefone: (84) 3211-4491

E-mail: seapac.estadual@seapac.org.br

Endereço

Cep: 59065-290

Rua Trajano Murta, 3317 – Candelária, Natal-RN

Links Rápidos

©2018 por S.talk. Todos os direitos reservados SEAPAC-RN