Projeto do Seapac propõe reuso de água na produção de forragem no Alto Oeste


Card do lançamento do Projeto

O Núcleo do Seapac em Pau dos Ferros, região do Alto Oeste do Rio Grande do Norte, sob a coordenação do Agrônomo Fabrício Edino Jales Barbosa, fará o lançamento do projeto “Semeando Esperança no Alto Oeste Potiguar”, no próximo dia 27, das 8h30 às 11 horas, no auditório da paróquia de Pau dos Ferros. O projeto será executado em 16 municípios daquela região, envolvendo 220 famílias, num período de 2 anos, em parceria com o Banco do Nordeste do Brasil (BNB) e o Comitê de Bovinocultura do Alto Oeste Potiguar. O encontro de lançamento terá a presença de agricultores beneficiários dos 16 municípios, autoridades, parceiros e organizações. “Vamos apresentar o projeto, mostrar os objetivos, metas, atividades, metodologia e viabilidade”, explica Fabrício.


O projeto será executado em três fazes, com dois grupos. Um deles, com 188 agricultores, que vão receber as mudas de palma forrageira e sementes de moringa e de leucina, além de acompanhamento técnico durante os 2 anos. O propósito é dar aos agricultores as condições para produzirem forragem de alta qualidade para o rebanho e fortalecer a convivência com o semiárido. O segundo grupo será formado por 32 agricultores, dois de cada município. O objetivo é criar uma Unidade Demonstrativa na propriedade de cada um deles. As 32 unidades demonstrativas terão a implantação de um projeto de reuso de águas cinzas para irrigar a palma forrageira adensada, consorciada com a moringa e a leucena. Eles também receberão assistência técnica.



Fabrício (de camisa branca) com um produtor de palma forrageira (Foto cedida)

A primeira fase consta da socialização do projeto, com o lançamento, neste próximo dia 27; a realização de encontros municipais em cada um dos 16 municípios, também com o objetivo de apresentar o projeto e socializar seus objetivos e metas; fazer o cadastro das famílias beneficiárias e realizar a aquisição das sementes de palma forrageira, da moringa e da leucena.

A segunda terá a implantação do sistema de reuso de águas cinzas a serem usadas na irrigação da palma, moringa e leucena; o início do acompanhamento técnico e a realização de dias de partilha em cada uma das 32 famílias das unidades demonstrativas. Nesses dias de partilha, essas famílias vão socializar com outras famílias o trabalho e o conhecimento adquirido com esse trabalho. “São momentos de partilhar saberes e a experiência acumulada de cada família e o objetivo é disseminar a ideia do projeto de reuso de águas na irrigação da palma, moringa e leucina, para a produção de forragem”, comenta Fabrício.


A terceira e última fase consta do diagnóstico final do trabalho para medir o ganho do projeto junto às famílias; realizar um seminário territorial para socializar com a população dos municípios a experiência e ganhos que o projeto trouxe e produzir uma publicação com a demonstração dos resultados, finalizando o projeto.

31 visualizações
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone SoundCloud

Contato

Telefone: (84) 3211-4491

E-mail: seapac.estadual@seapac.org.br

Endereço

Cep: 59065-290

Rua Trajano Murta, 3317 – Candelária, Natal-RN

Links Rápidos

©2018 por S.talk. Todos os direitos reservados SEAPAC-RN