top of page

Oficina do Seapac aborda a vida das mulheres no campo e promove reflexões sobre o cotidiano feminino

Atualizado: 3 de jul. de 2023

A atividade foi uma oportunidade para mulheres camponesas construírem uma rede de apoio e compartilharem suas vivências no campo

HECLÉIA MACHADO | ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO - SEAPAC

Natal | Rio Grande do Norte


Na manhã da última quarta-feira, 28 de junho, um evento significativo ocorreu na comunidade rural de Santo André, no município de Currais Novos. O Serviço de Apoio aos Projetos Alternativos Comunitários (Seapac) promoveu uma oficina voltada exclusivamente para mulheres, com o intuito de abordar a vida feminina no campo e proporcionar um espaço de reflexão sobre suas experiências e desafios diários.


Durante a roda de conversa, as participantes foram convidadas a realizar uma dinâmica denominada "rotina diária", na qual tiveram a oportunidade de compartilhar as atividades que desempenham desde o momento em que acordam até a hora de dormir. O objetivo deste momento foi proporcionar uma visualização clara e objetiva do trabalho desenvolvido pelas mulheres, tanto na esfera produtiva, relacionada às atividades da agricultura familiar, quanto na esfera reprodutiva, que abrange o cuidado com os filhos, a administração doméstica e outras tarefas.


Através dessa dinâmica, as participantes puderam perceber a intensa jornada de trabalho que enfrentam diariamente e também refletir sobre a divisão de tarefas no ambiente familiar. Muitas vezes, as mulheres acabam assumindo uma carga desproporcional de trabalho dentro de casa, e que fica mais gritante quando juntamos com as tarefas rurais.


Durante o evento, também foi exibido um vídeo intitulado "Vida Maria", que aborda as condições e a reprodução do modo de vida das mulheres na zona rural. O filme serviu como um ponto de partida para discussões mais aprofundadas sobre as implicações dessas condições e como elas impactam a vida das mulheres em diversos aspectos.


As mediadoras do evento foram as integrantes femininas da equipe do Seapac, uma organização reconhecida por seu trabalho em prol do desenvolvimento comunitário e da promoção da igualdade de gênero. O principal objetivo da oficina foi sensibilizar as mulheres para reflexões introdutórias sobre o universo feminino e as particularidades do contexto da vida no campo, desde a infância até a idade adulta. Ao promover esse espaço de discussão e reflexão, o evento buscou empoderar as mulheres, valorizar seu trabalho e suas contribuições, além de estimular mudanças sociais e melhorias nas condições de vida das mulheres campesinas.


A oficina do Seapac mostrou-se um evento enriquecedor, permitindo que as mulheres presentes compartilhassem suas experiências, criassem redes de apoio e fortalecessem sua autoestima. A partir dessas reflexões, espera-se que sejam promovidas mudanças positivas nas comunidades rurais, onde as mulheres possam ser devidamente reconhecidas e valorizadas em todas as esferas de suas vidas.


32 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page