Novo decreto de Ricardo Salles ameaça Mata Atlântica e beneficia agronegócio


A proposta é desproteger outros componentes do bioma. E como um organismo vivo, consequentemente a floresta é prejudicada (Foto: arquivo ICMBio)

Em mais uma medida que favorece o empresariado e prejudica o meio ambiente que deveria defender, o ministro Ricardo Salles parece aproveitar todas atenções voltadas para as crises sanitária – com a pandemia de covid-19 – e política – com os desdobramentos da saída de Sergio Moro do governo Bolsonaro – para articular com o presidente um decreto que põe em risco a Mata Atlântica. Se a proposta vingar, vai beneficiar principalmente os setores imobiliário e do agronegócio. Conforme o site Direto da Ciência revelou na última sexta-feira (24), a proposta de Salles, cuja minuta já está com Bolsonaro, pretende alterar o Decreto 6.660, de 2008, que regulamenta a Lei da Mata Atlântica (Lei 11.428, de 2006).


A ideia é manter a proteção legal apenas para as formações tipicamente florestais. Ficariam então desprotegidos outros componentes vegetais pelos quais o bioma se interliga a outros, como o cerrado – o que interessa ao agronegócio – e também vegetação nativa das ilhas costeiras, oceânica e áreas de transição entre essas formações, entre outras – de interesse do mercado imobiliário.


“É uma espécie de liberação geral em que se favorece os setores da exploração do solo. O novo mapa de proteção vai excluir marcos do ecossistema da Mata Atlântica que são vitais para o seu funcionamento. A Mata Atlântica trabalha e tem vida em função da conectividade com ecossistemas associados. Não é só a floresta que a gente conhece. Tem transições com outros biomas, que em conjunto formam essa imensa área que deve ser protegida, porque ela é interdependente”, disse o presidente do Instituto Brasileiro de Proteção Ambiental (Proam), Carlos Bocuhy. Segundo ele, a proposta retira proteção sobre partes da Mata Atlântica que mais interessam à agricultura.

Fonte: https://www.redebrasilatual.com.br/

3 visualizações
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone SoundCloud

Contato

Telefone: (84) 3211-4491

E-mail: seapac.estadual@seapac.org.br

Endereço

Cep: 59065-290

Rua Trajano Murta, 3317 – Candelária, Natal-RN

Links Rápidos

©2018 por S.talk. Todos os direitos reservados SEAPAC-RN