Novas regras de trânsito de Bolsonaro são 'receita para tragédia'


Trânsito em Natal-RN (Imagem: sttu)

Um projeto de lei que altera pontos no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), entregue pelo presidente Jair Bolsonaro à Câmara na terça-feira, 4, prevê que motoristas flagrados sem a cadeirinha para crianças nos bancos traseiros deixem de ser multados. Eles passarão a receber somente advertência. As mudanças dobram ainda o número de pontos para a suspensão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) de 20 para 40. A carteira de habilitação passa a ter validade por 10 anos. E o projeto propõe também o fim da exigência de exame toxicológico para motoristas profissionais.


O jornal O Estado de S. Paulo conversou com Pedro de Paula, coordenador executivo da Iniciativa Bloomberg para a Segurança Global no Trânsito, que condenou as mudanças. Para o pesquisador as novas regras são a "receita para tragédia" e podem elevar número de mortos e feridos, o que vai levar a um "gasto monumental" para o Sistema Único de Saúde (SUS).


"Hoje, no Brasil, 60% dos leitos de UTI são ocupados por acidentados de trânsito. Isto é uma loucura. Caso esse projeto de lei seja aprovado, um monte de gente que poderia estar na UTI por questões que não podem evitar, ou seja, que não são acidentados de trânsito, vai deixar de estar. É uma legislação que, deliberadamente, adotou medidas que comprovadamente levam a um maior número de acidentes no trânsito com maior número de mortes e lesões. E isso é um custo monumental para a saúde. É impossível fechar essa conta", afirma. Fonte: https://domtotal.com

8 visualizações
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone SoundCloud

Contato

Telefone: (84) 3211-4491

E-mail: seapac.estadual@seapac.org.br

Endereço

Cep: 59065-290

Rua Trajano Murta, 3317 – Candelária, Natal-RN

Links Rápidos

©2018 por S.talk. Todos os direitos reservados SEAPAC-RN