top of page

Nota em defesa da democracia. Contra o terrorismo e pela punição dos culpados


Eu odeio quem pratica o mal; esse nunca se juntará a mim.

Longe de mim o coração pervertido. Eu ignoro o perverso.

Salmo 101,3-4



O Brasil acompanhou chocado na tarde de hoje, 08/01, as sedes federais dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário serem invadidas e depredadas por terroristas que objetivavam um golpe, atentando contra o Estado Democrático de Direito.


Diante da destruição do patrimônio público e do aviltamento dos símbolos dos poderes constituídos, considerando ainda a falta de intervenção eficiente, quase beirando à conivência da polícia do Distrito Federal, exigimos que os envolvidos em tais ações, bem como seus financiadores, sejam identificados e julgados, pelos crimes cometidos.


O CNLB repudia este infame episódio e reitera o apoio ao Sistema Democrático, aos Poderes instituídos pelo voto direto do povo, bem como ao Supremo Tribunal Federal, pela segurança e pelo bem comum do povo brasileiro.


Convocamos todas as mulheres e homens de boa vontade, movimentos sociais, expressões eclesiais para juntos, a partir da cultura de paz, trabalharmos por uma sociedade justa e fraterna, sem exclusões ou preconceitos


Sônia Gomes de Oliveira

Presidente do CNLB


Márcio José de Oliveira

Secretário Geral do CNLB



publicado originalmente no site do Conselho Nacional do Laicato do Brasil

18 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page