top of page

Na família está o futuro da agricultura, afirma o Papa ao Fórum Rural Mundial

Francisco enviou uma mensagem aos participantes do Fórum, inaugurado neste 19 de março na Espanha. Não obstante a valiosa contribuição das famílias na agricultura, elas seguem sendo atingidas pela pobreza e pela escassez de oportunidades.

Erradicação da fome, redução das desigualdades e proteção do planeta: estes são os pedidos do Papa Francisco aos participantes da VIII Conferência Global do Fórum Rural Mundial, que se realiza de 19 a 21 de março em Vitoria-Gasteiz, na Espanha. O evento tem por tema “Agricultura Familiar: sustentabilidade do nosso planeta” e reúne mais de 150 personalidades de 60 países, entre eles o Ministro do Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar do Brasil, Luiz Paulo Teixeira Ferreira.


Francisco define como “louváveis” as famílias que se dedicam à agricultura pela forma solidária do seu trabalho, assim como pelo estilo respeitoso e delicado com o qual cultivam a terra, favorecendo sistemas agroalimentares mais inclusivos, resilientes e eficientes. Não obstante esta valiosa contribuição, seguem sendo atingidas pela pobreza e pela escassez de oportunidades.

Por isso, consciente dos complexos desafios que enfrentam, o Papa dirige às famílias dos pequenos agricultores uma palavra de alento, manifestando a proximidade da Igreja.


Igualmente, o Pontífice ressalta o papel “insubstituível” do gênio feminino neste contexto.

“As mulheres rurais representam uma bússola segura para suas famílias, um ponto de apoio firme para o progresso da economia, especialmente nos países em desenvolvimento.”

O Papa também não deixa de mencionar o papel dos jovens na agricultura.

“A verdadeira revolução para um futuro alimentar começa com a formação e potencialização das novas gerações”

Ele escreve, acrescentando que a contribuição da juventude consiste em proporcionar soluções inovadoras na abordagem de problemas antigos e na coragem para mudar.


Francisco conclui com os votos de que Deus abençoe as deliberações do encontro, para que, reconhecido o papel da família rural, se avance na erradicação da fome, na redução das desigualdades, assim como no cuidado e proteção do nosso planeta.

20 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page