Marcha das Margaridas reunirá 100 mil mulheres em Brasília


Mulheres do campo, da cidade, das florestas e das águas estarão na Marcha (Foto: FETAPE)

Mulheres de todos os estados do Brasil estão construindo a 6ª Marcha das Margaridas, que acontece em Brasília/DF, na próxima semana, dias 13 e 14 de agosto. A expectativa é que estarão presentes cerca de 100 mil mulheres. “Eu sou nova no movimento, mas percebi que essa Marcha é muito importante para a garantia dos nossos direitos”, relata Dalva Batista, residente em Goiana, região metropolitana de Recife-PE.


Ela explica que a construção da Marcha começou localmente e que também foi preciso bastante diálogo em casa para convencer especialmente o filho do significado dela participar. “Meu marido me apoiou desde o início, porque ele sabe que a Marcha das Margaridas é importante para todo mundo. Meu filho é que ficou meio assim, mas conversamos com ele para que entendesse que eu preciso ir”, contou.


É com essa motivação, de refletir sobre a ainda estrutura machista da sociedade, mas também se fazerem visíveis e apresentarem suas pautas, que mulheres de todos os estados do Brasil estão construindo a 6ª Marcha das Margaridas. O lema da Marcha é “idas na luta por um Brasil com soberania popular, democracia, justiça, igualdade e livre de violência”.


O processo de mobilização envolve mulheres do campo, da cidade, das florestas e das águas. Elas estão há muitos meses em preparação para realizar esses dois dias de ação na capital federal. Ainda em 2018, as margaridas iniciaram a construção de suas pautas, de formações, sobre o que significa ser a maior ação de mulheres da América Latina, e o impacto disso em suas vidas e na vida de toda a sociedade brasileira. Elas estiveram nos sindicatos, organizações, grupos, comunidades, municípios, cidades, estados, refletindo sobre os temas que constroem esta edição da Marcha das Margaridas.


Em Brasília, elas serão recebidas por mulheres indígenas, também de todo o País, que no dia 13 deste mês terão saído nas ruas da capital federal na primeira Marcha das Mulheres Indígenas. Estas indígenas integram a programação do Fórum Nacional das Mulheres Indígenas, que tem início nesta sexta-feira, 9 de agosto.

Fonte: www.asabrasil.org.br

0 visualização
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone SoundCloud

Contato

Telefone: (84) 3211-4491

E-mail: seapac.estadual@seapac.org.br

Endereço

Cep: 59065-290

Rua Trajano Murta, 3317 – Candelária, Natal-RN

Links Rápidos

©2018 por S.talk. Todos os direitos reservados SEAPAC-RN