Liderança indígena do povo Uru-eu-wau-wau é assassinada em Rondônia


Operação coordenada pela Funai em 2019 destrói cabana de invasores na TI (Foto: FUNAI)

A Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB) divulgou, no final da tarde deste sábado (18), Notícia do assassinato do indígena Ari Uru-eu-wau-wau, no município de Jaru, em Rondônia. Esse povo é um dos nove – dos quais quatro permanecem isolados – que habitam a Terra Indígena Uru-Eu-Wau-Wau. Segundo a nota da APIB, ele integrava o grupo de vigilantes e protetores do território do seu povo e estava ameaçado pelos criminosos responsáveis pelas invasões e devastações na região. Ainda não há informações sobre as circunstâncias e a autoria do crime.


A APIB destaca que o crime ocorre em um momento delicado para os povos indígenas, em que se busca "intensificar ações de proteção" por conta do risco de contaminação em meio à pandemia do coronavírus no Brasil. "Não estamos expostos apenas ao coronavírus, os crimes cometidos por madeireiros, garimpeiros e grileiros seguem intensos violando nossos direitos e destruindo nossa natureza", diz a APIB.


De acordo com um levantamento do Instituto Socioambiental (ISA), em 2019, a área dos Uru-Eu-Wau-Wau esteve entre os 13 territórios que respondem por 90% do desmatamento em terras indígenas na Amazônia brasileira. O ISA compilou dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) para estimar que as derrubadas cresceram 113% em território indígena em relação a 2018.

Fonte: https://www.brasildefato.com.br/

1 visualização
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone SoundCloud

Contato

Telefone: (84) 3211-4491

E-mail: seapac.estadual@seapac.org.br

Endereço

Cep: 59065-290

Rua Trajano Murta, 3317 – Candelária, Natal-RN

Links Rápidos

©2018 por S.talk. Todos os direitos reservados SEAPAC-RN