top of page

Intercambistas conhecem experiência do Polo da Borborema


À esquerda, Delfino mostra a colmeia de abelhas uruçu ao hodurenho Edwin Escoto (Foto: Verônica Pragana, Asacom)

O segundo dia (27 de junho) do intercâmbio dos 20 campesinos e campesinas da Guatemala, El Salvador e Honduras e de representantes de organizações de apoio à agricultura familiar, incluindo a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), focou a mudança em curso nas relações de poder a partir do processo de empoderamento das mulheres e jovens rurais. Os visitantes foram para Esperança-PB, um dos 14 municípios do Polo da Borborema, uma articulação de sindicatos rurais e organizações de apoio à agricultura familiar em 14 municípios do território.


O grupo visitou propriedades de famílias agricultoras que convivem com o Semiárido a partir de estratégias e tecnologias que os deixam cada vez mais autônomos com relação aos recursos necessários para viver e produzir, como água, sementes crioulas, biogás e alimentos para os animais. Uma das famílias vive o dilema da sucessão rural. Com os pais ficando velhos e os primeiros cinco filhos indo viver na cidade, os três mais novos escolheram ficar no lugar em que nasceram e viveram por vislumbrarem condições para isso.


Os visitantes conheceram a ação articulada dos sindicatos rurais no território da Borborema, numa apresentação precedida de uma contextualização da ocupação histórica da região e da luta pela reforma agrária iniciada na década de 1980. A atuação em rede se expressa na defesa do direito à água, às sementes crioulas (denominadas de sementes da Paixão, na Paraíba) e tantos outros que constroem soluções regionais para os complexos desafios que enfrentam. Para a conservação e multiplicação do estoque de sementes crioulas das famílias, construiu-se uma rede de sementes, desde 1993. Atualmente, possui 62 equipamentos com estoque estimado em quase 13 toneladas de sementes da paixão, como são chamadas pelos agricultores.

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page