Intercâmbio entre semiáridos brasileiro e da africanos acontece no Ceará


Momento de intercâmbio dos brasileiros, no Senegal (Foto: Fernanda Cruz, Asa Brasil)

Nesta semana, de 10 a 14 de dezembro, uma delegação africana composta de representantes de Burkina Faso, Níger e Senegal aporta no Ceará para conhecer as estratégias de convivência com o Semiárido brasileiro. Entre as experiências estão as cisternas de placas, o sistema de reuso de águas, quintal produtivo, casas de sementes e biodigestor. O intercâmbio é fruto da parceria entre a Articulação Semiárido Brasileiro (ASA) e a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO).


No Semiárido cearense, os visitantes vão conhecer experiências acompanhadas por diversas organizações que compõem o Fórum Cearense pela Vida no Semiárido (FCVSA), que representa a ASA no Ceará, em oito municípios: Quixadá, Choró, Quixeramobim, Senador Pompeu, Ibaretama, Barreira, Ocara e Chorozinho.


Para o coordenador da ASA pelo Ceará e secretário de Finanças da Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Ceará (Fetraece), Luiz Carlos Ribeiro, há uma expectativa bastante positiva dos agricultores e agricultores e das organizações para trocar experiências com os representantes africanos.


“Todas as experiências visitadas são de iniciativa dos próprios agricultores e agricultoras experimentadoras que conseguiram se consolidar enquanto experiência, enquanto política pública. Algumas já com investimento de governo e sendo socializadas para outras famílias. Então é de fundamental importância saber que nossos agricultores são detentores de sabedoria, de experiência, de iniciativa, que os tornam resistentes, persistentes e preparados para conviver com o Semiárido”, ressalta Luiz Carlos.


O coordenador do Programa Um Milhão de Cisternas (P1MC) da ASA, Rafael Neves, destaca que as experiências de convivência com o Semiárido foram fundamentais para mudar o quadro de insegurança alimentar no Brasil e podem inspirar os países africanos a enfrentar esse problema, de acordo com suas realidades.

Fonte: www.asabrasil.org.br

4 visualizações
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone SoundCloud

Contato

Telefone: (84) 3211-4491

E-mail: seapac.estadual@seapac.org.br

Endereço

Cep: 59065-290

Rua Trajano Murta, 3317 – Candelária, Natal-RN

Links Rápidos

©2018 por S.talk. Todos os direitos reservados SEAPAC-RN