Famílias de Lajes Pintadas implementam o fomento do P1+2


Cosmo Antonio Vasco de Oliveira, da comunidade Serra Verde, uma das famílias que conquistaram o Fomento (Foto: Damião Santos)

O coordenador do Núcleo do Seapac na Região do Trairi, com sede em Santa Cruz-RN, Agrônomo Damião Santos, visitou algumas famílias das comunidades Malagueta, Bom Destino e Serra Verde, do Município de Lajes Pintadas, também na região do Trairi. No Município, 35 famílias conquistaram o fomento do Projeto P1+2 (Programa Uma Terra e Duas Águas) do BNDES/Ministério da Cidadania/ASA/SEAPAC. “Foi bonito ver as famílias animadas com a implementação dos seus sonhos e desejos de melhorar seus agroecosistemas, fortalecendo a sua soberania e segurança alimentar”, comentou Damião.


O Fomento, no valor de R$ 3.000,00, é um investimento que o projeto disponibiliza à família. Toda a elaboração do investimento, bem como a gestão dos recursos, é feita diretamente pelas famílias. “Isso demonstra que o investimento na agricultura familiar de base agroecológica é a saída para a produção de alimentos saudáveis, com a criatividade e pluralidade das famílias. Nesse dia mundial de combate e luta contra a desertificação, fico com essas imagens como forma de mitigar esses efeitos. É no semiárido que a vida pulsa; é no semiárido que o povo resiste”, afirma o Agrônomo do Seapac.

Mais imagens (cedidas):



39 visualizações0 comentário