Famílias de Barra de Santana podem paralisar obras Oiticica


Famílias avaliam possibilidade de paralisar obras da barragem (Foto: José Bezerra)

A situação atual do processo de construção das obras físicas e sociais da barragem Oiticica, na comunidade Barra de Santana, município de Jucurutu-RN, está cada vez mais complicada. A construção das casas da nova Barra de Santana está paralisada há 90 dias e a audiência das famílias com a Governadora Fátima Bezerra, marcada para esta semana foi cancelada e remarcada para o dia 11. As famílias de barra de Santana, insatisfeitas com a situação, avaliam a possibilidade de provocar uma paralisação das obras físicas da barragem Oiticica, até que se resolvam os demais problemas relacionados às obras sociais. A próxima sessão do Acordo Extrajudicial está marcada para sexta-feira, 6 de setembro, em Jucurutu.


O Articulador Estadual do Seapac, José Procópio, que acompanha a luta das famílias, afirma que a comunidade não aceita mais audiências em Natal. “Eu estava na comunidade Barra de Santana, fechando com a delegação os nossos posicionamentos e a revolta foi generalizada, com a proposta de adiamento”, comentou José Procópio. Ele afirma que a comunidade só conversa com a governadora na comunidade, como já fez com os governadores anteriores – Rosalba Ciarline e Robson Faria.


Toda articulação para a audiência já havia sido feita com prefeitos, sindicatos, Fetarn, igreja católica, comunidade Barra de Santana, e os acertos com o transporte das pessoas da comunidade. “Por causa do cancelamento da audiência, a posição do movimento é realizar uma plenária geral para avaliar a possibilidade de paralisar a obra física da barragem, até que se retome as obras da nova Barra de Santana, que está há 90 dias parada”, informa José Procópio.

15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo