Especialistas aprofundam o documento do Sínodo dos Bispos 2019


Momento do encontro de estudos (Foto: REPAM Brasil/Paulo Martins)

O Seminário de Estudo do Documento de Trabalho do Sínodo dos Bispos sobre a Pan-Amazônia, a ser realizado em outubro deste ano, no Vaticano, começou ontem e segue até amanhã, 18 de julho, no Centro Cultural Missionário, em Brasília-DF. Participam 23 bispos, sendo 5 deles membros do Conselho Pré-Sinodal, secretário Executivo da Rede Eclesial Pan-Amazônica/REPAM, assessores e especialistas. No grupo de quase 50 pessoas estão também participantes de outras regiões do país e de outros países da Pan-Amazônia.


Dom Adriano Ciocca, bispo Prelado de São Félix do Araguaia, um dos organizadores do evento, destacou a importância do evento na abertura do Seminário. “Este encontro é importante porque nos permite sonhar com uma Igreja mais encarnada, que não tem medo de encarar os desafios que a Amazônia enfrenta, que se propõe a dialogar com as diversidades variadas desse imenso território”, afirmou.


O objetivo do encontro é, a partir do contexto desafiador da Amazônia e da memória do percurso sinodal realizado até agora, aprofundar coletivamente o estudo do Documento de Trabalho, para elaborar propostas concretas e fundamentadas em vista da Assembleia Sinodal de outubro. Para o secretário executivo da REPAM, Maurício Lopez, o Instrumento Laboris, mesmo que ainda incompleto, permite que os povos se reconhecem nele. “Agora, no Sínodo, é momento de defendermos a voz de Deus que veio por meio dos povos”, disse.

Fonte: www.cnbb.org.br

0 visualização
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone SoundCloud

Contato

Telefone: (84) 3211-4491

E-mail: seapac.estadual@seapac.org.br

Endereço

Cep: 59065-290

Rua Trajano Murta, 3317 – Candelária, Natal-RN

Links Rápidos

©2018 por S.talk. Todos os direitos reservados SEAPAC-RN