Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, foi celebrado no dia 25 de julho

O dia 25 de julho é marcado pela luta da mulher negra por uma vida com mais igualdade e dignidade. No Brasil, comemoramos o dia Nacional de Tereza de Benguela, líder quilombola, que viveu no século 18 e foi considerada rainha e da Mulher Negra, segundo lei sancionada pela presidenta Dilma Rousseff em 2014.



Em 1992, aconteceu o primeiro encontro de Mulheres Negras de países da America Latina e do Caribe, em Santo Domingo, na República Dominicana, a fim de denunciar a opressão e debater soluções na luta contra o racismo e o sexismo. Esse encontro foi reconhecido pela ONU como o Dia Internacional da Mulher Negra Larino-Americana e Caribenha, celebrado no dia 25 de julho.


Em meio às restrições de ocupação dos espaços públicos devido à pandemia, ainda houve maneira de ocupar as ruas em razão dessa data. A Marcha das Mulheres Negras de São Paulo, realizaram projeções em edifícios localizados nos quatro pontos da capital paulista, com imagens histórias que remetiam à luta contra o racismo, ao machismo e à lesbotransfobia. Outra forma de dar mais voz à essa data, foram as marchas virtuais, os debates e seminários que aconteceram virtualmente.


Esse dia também nos faz lembrar da força e determinação das mulheres do campo. Acompanhe os depoimentos de mulheres do semiárido norte-rio-grandense, que lutam pela conquista do protagonismo feminino na agricultura familiar:


Fonte: https://revistaforum.com.br/movimentos/movimentos-realizam-projecoes-em-sp-em-razao-do-dia-da-mulher-negra-latino-americana-e-caribenha/


7 visualizações
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone SoundCloud

Contato

Telefone: (84) 3211-4491

E-mail: seapac.estadual@seapac.org.br

Endereço

Cep: 59065-290

Rua Trajano Murta, 3317 – Candelária, Natal-RN

Links Rápidos

©2018 por S.talk. Todos os direitos reservados SEAPAC-RN