Comunidade exige construção de novas escola e cisterna demolidas pela prefeitura

Atualizado: Mar 10


Comunitários exigem construção de nova escola e cisterna (Foto cedida)

Representantes do SEAPAC, do Conselho Municipal de Desenvolvimento Sustentável e Solidário (CMDSS), do Fórum de Associações, da Câmara de vereadores, da Prefeitura Municipal, dos Sindicatos e moradores da comunidade Quilombola de Macambira, Zona Rural de Lagoa Nova/RN, se reuniram na manhã de 8 de marco, naquela comunidade. O objetivo foi discutir uma agenda de prazos para construção da escola São Luiz e da cisterna da escola. As duas foram demolidas pela prefeitura há pouco mais de um mês, com a proposta de construção de uma nova escola na comunidade.


Uma comissão acompanhará os trabalhos (Foto cedida)

Depois das discussões e debates, ficou acertado que a empresa responsável pela obra da nova escola deve colocar placa de identificação da obra, com os recursos que serão empenhados até próxima semana, e que tem o prazo de 15 dias para início das obras e 120 dias para conclusão. Também ficou acertado que a prefeitura de Lagoa Nova deverá enviar parecer técnico para o SEAPAC, destacando os motivos que a levaram a demolir a cisterna.


Outros encaminhamentos exigem que o município faça um novo estudo técnico na tentativa de identificar a possibilidade de construção de outra cisterna, nos mesmos moldes da antiga. Na ocasião, também foi formada uma comissão com representantes do CMDSS, Fórum, Sindicatos e Associação de Macambira, encarregada de acompanhar a execução dos encaminhamentos. Uma nova reunião na comunidade deve acontecer no prazo de 15 dias úteis para checagem das atividades e discussão de novas demandas que venham a surgir.

5 visualizações
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone SoundCloud

Contato

Telefone: (84) 3211-4491

E-mail: seapac.estadual@seapac.org.br

Endereço

Cep: 59065-290

Rua Trajano Murta, 3317 – Candelária, Natal-RN

Links Rápidos

©2018 por S.talk. Todos os direitos reservados SEAPAC-RN