Comissão sergipana de Agroecologia define ações prioritárias


Um dos momentos do encontro (www.agroecologia.org.br)

Produção agroecológica, transporte solidário, comercialização de produtos agroecológicos, ampla oferta de insumos e beneficiamento: essas são algumas das ações prioritárias pactuadas entre representantes do Poder Público e da sociedade civil na primeira reunião da Comissão Estadual de Agroecologia e Produção Orgânica (CEAPO), de Sergipe. A reunião foi realizada na tarde de segunda, 28 de janeiro, na sede da Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema).


Cada passo na luta coletiva por direitos, por território e pela reprodução da vida representa um momento de celebração e fortalecimento. Em meio ao contexto político e econômico que os movimentos sociais do campo, das águas e das florestas enfrentam atualmente no Brasil, o primeiro encontro da CEAPO representa um grande passo para as famílias camponesas e de comunidades tradicionais.


Elas seguem incansavelmente na luta pela produção orgânica e pelo acesso a políticas públicas. A Política Pública de Produção Orgânica em Sergipe foi recentemente instituída por meio do Decreto nº 40.051 pelo governador do Estado, Belivaldo Chagas, mas a luta pelos orgânicos traz uma longa trajetória de construção coletiva que tem suas bases nos anseios dos povos e comunidades tradicionais.

Fonte: http://www.agroecologia.org.br

9 visualizações0 comentário