Cem famílias seguem isoladas em Rondônia após 3 dias


Cerca de 350 pessoas foram afetas pelo rompimento da barragem (Rede Amazônica/Reprodução)

Três dias após o rompimento de duas barragens da mineradora MetalMig, no distrito de Oriente Novo, na cidade de Machadinho D'Oeste, em Rondônia, mais de 350 pessoas estão isoladas (cerca de 100 famílias). O acidente provocou a destruição de mais de sete pontes, que foram arrastadas com a força dos detritos das barragens.


A Prefeitura de Machadinho D'Oeste realiza obras emergenciais para recuperar as pontes danificadas. A preocupação é com uma possível contaminação do rio Belém, que abastece a cidade. Além disso, os moradores começam a pensar no escoamento da produção agrícola e com alguns alimentos que já começaram a faltar nas comunidades afetadas.


Não houve registro vítimas com o rompimento, mas os danos ambientais na região poderão ser sentidos por anos. Segundo a Defesa Civil, será necessário um estudo mais detalhado para avaliar o real impacto causado. As barragens são de rejeitos da extração de cassiterita, minério utilizado na fabricação do estanho. As estruturas estavam desativadas há mais de 30 anos e não suportaram a grande quantidade de chuvas nos últimos dias, na região.

Fonte: www.domtotal.com

10 visualizações
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone SoundCloud

Contato

Telefone: (84) 3211-4491

E-mail: seapac.estadual@seapac.org.br

Endereço

Cep: 59065-290

Rua Trajano Murta, 3317 – Candelária, Natal-RN

Links Rápidos

©2018 por S.talk. Todos os direitos reservados SEAPAC-RN