Banquetaço tem protesto com cultura e comidas agroecológicas


Cartaz do evento em Campina Grande-PB

Unindo-se à mobilização nacional contra a extinção do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea), um conjunto de entidades de promoção do direito humano à alimentação junto ao Consea da Paraíba, realizará um “Banquetaço”, no dia 27 de fevereiro, na próxima quarta-feira, na Praça da Bandeira, Centro de Campina Grande, das 10h às 12h. É um protesto diferente, com a distribuição de alimentos saudáveis e agroecológicos doados pelas famílias agricultoras agroecológicas que vendem nas feiras da região e também pelas instituições de ensino e entidades organizadoras.


A manifestação, que acontece simultaneamente em cerca de 30 cidades do país, incluindo João Pessoa, é contra a Medida Provisória nº 870, publicada no dia 2 de janeiro, na qual o governo extingue o Consea Nacional. Os “Banquetaços” acontecem um dia antes da votação da MP no Congresso Nacional. A medida provisória, no entanto, não interfere no funcionamento dos Conseas nos estados, pois estes são criados por meio de leis estaduais. O protesto pretende chamar a atenção da sociedade e dos políticos para a importância do Consea, da vontade legítima pela participação democrática por parte de especialistas dispostos a colaborar voluntariamente com seus conhecimentos no desenho de planos e projetos nacionais em prol do direito humano à alimentação adequada.


Banquetaço - A programação terá início com ato público e apresentações culturais. Por volta do meio dia, quem estiver no local poderá se servir dos alimentos agroecológicos do banquete. Serão distribuídos ainda materiais educativos e de conscientização sobre a importância de espaços como o do Consea para a realização e garantia do direito humano à alimentação.


Em Campina Grande promovem o Banquetaço o Consea PB, ASA Paraíba, Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), Conselho Regional de Nutricionistas (CRN 6), MOVER - Frente Social Progressista, cursos de Nutrição da UniNassau e Unifacisa, Núcleo de Extensão Rural em Agroecologia da Universidade Estadual da Paraíba (NERA-UEPB) e Plataforma Mercosul Social e Solidário (PMSS).

Fonte: www.asabrasil.org.br

4 visualizações0 comentário