Ameaça ao Bolsa Família é mais uma das chantagens do governo


Governo Bolsonaro: sem reajuste para mais pobres, perdão de milhões para o agronegócio (Foto: Pixabay)

Enquanto ameaça a sobrevivência de milhões de brasileiros que dependem do programa Bolsa Família, o governo de Jair Bolsonaro pretende perdoar mais de R$ 30 bilhões em dívidas do agronegócio com a União. O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse nesta quinta-feira (11) que não será possível conceder reajuste ao Bolsa Família em função do impacto sobre as contas públicas. E condicionou qualquer eventual aumento à aprovação da "reforma" da Previdência.


No mesmo dia, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que Bolsonaro decidiu cumprir a promessa de campanha de perdoar dividas bilionárias do agronegócio com o Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural). E pediu que o Projeto de Lei 9.252/17, de autoria do deputado ruralista – da chamada bancada do boi – Jerônimo Goergen (PP-RS), siga em regime de urgência na Casa. O PL concede anistia total às dívidas e tanto a Advocacia-Geral da União (AGU), como a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional (PGFN) e a Receita Federal já alertaram sobre os riscos de o governo ferir a Lei de Responsabilidade Fiscal, que proíbe renúncia de impostos sem receita equivalente para cobrir o rombo.

Leia a matéria completa: https://www.redebrasilatual.com.br/economia/2019/04/governo-faz-chantagem-economica-ameacando-bolsa-familia-se-nao-houver-reforma-da-previdencia

1 visualização
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone SoundCloud

Contato

Telefone: (84) 3211-4491

E-mail: seapac.estadual@seapac.org.br

Endereço

Cep: 59065-290

Rua Trajano Murta, 3317 – Candelária, Natal-RN

Links Rápidos

©2018 por S.talk. Todos os direitos reservados SEAPAC-RN