top of page

Agricultores da América Central visitam experiências de agricultores paraibanos


A Articulação do Semiárido Paraibano (ASA Paraíba) recebe um grupo de 30 agricultores e agricultoras da Guatemala, El Salvador e Honduras, países da América Central, nestes dias 26 e 26. A visita faz parte do projeto “Intercâmbio entre agricultores e agricultoras de zonas áridas e semiáridas do mundo”, promovido pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) e Articulação no Semiárido (ASA Brasil). A proposta da iniciativa é que os agricultores dessas regiões possam trocar conhecimentos e práticas de forma a aprimorar estratégias de convivência com um clima marcado por longos períodos de estiagem, e que exigem a capacidade de resiliência das famílias que têm como modo de vida a produção de alimentos.


Para conhecer a cultura e a agricultura da Paraíba, o grupo visita duas famílias agricultoras, Maria Ivoneide e Petrônio Nunes e Pedrina e Salvador Barbosa, hoje, 26 de junho. As duas famílias desenvolvem múltiplas iniciativas de convivência com o semiárido, como a conservação das sementes crioulas, a produção e o armazenamento de forragens, o beneficiamento e a comercialização dos produtos da agricultura familiar.


Amanhã, dia 27, o grupo seguirá para a região do Polo da Borborema, no Agreste do Paraibano. De forma semelhante, as atividades têm início com visitas à duas famílias agricultoras: os jovens Delfino e Denyse que a partir da organização do sistema produtivo, vêm provando que podem viver e com dignidade da agricultura, e o casal Nina e Givaldo, que apresentará o manejo integrado da água. Esse trabalho contribuiu para que não faltasse água para família no último longo período de estiagem prolongada.

12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page