COVID-19: 65 bispos de 6 regionais da CNBB pedem atenção especial à região Amazônica


Consequências do coronavírus na Amazônia (Foto: reprodução www.cnbb.org.br)

Os 65 bispos e 2 administradores apostólicos de seis regionais (Norte 1, Norte 2, Norte 3, Noroeste, Nordeste 5 e Oeste 2) da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) divulgaram, no dia 4 de maio, a “Nota dos Bispos da Amazônia Brasileira sobre a situação dos povos e da floresta em tempos de pandemia da Covid-19”. No documento, assinado também pelo presidente da Comissão Episcopal Especial para a Amazônia da CNBB, o cardeal Claudio Hummes, os bispos exigem maior atenção dos governos federal e estaduais à região que tem demonstrado dados preocupantes quanto ao avanço do coronavírus.


Os bispos apontam que os dados são alarmantes. A região, segundo apontam, possui a menor proporção de hospitais do país, de baixa e alta complexidades (apenas 10%). “Extensas áreas do território amazônico não dispõem de leitos de UTI e apenas poucos municípios atendem aos requisitos mínimos recomendados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), em número de leitos e de UTIs por habitante (10 leitos de UTI por 100 mil usuários)”, diz o texto.


O documento alerta ainda para o crescimento de 29,9% de desmatamento, em março deste ano, se comparado ao mesmo mês de 2019. “Contribuem para esse crescimento o notório afrouxamento das fiscalizações e o contínuo discurso político do governo federal contra a proteção ambiental e as áreas indígenas protegidas pela Constituição Federal (Art. 231 e 232)”, afirma a Nota.


O arcebispo de Belo Horizonte (MG) e presidente da CNBB, dom Walmor Oliveira de Azevedo, manifestou-se, ontem, 4 de maio, sobre a nota dos bispos da região Amazônica. “Em profunda comunhão com os bispos da Amazônia – em nota Sobre a Situação dos Povos e da Floresta em Tempos de Pandemia da Covid-19 –, a presidência da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) reitera pedido às autoridades que concentrem esforços no enfrentamento da Covid-19, especialmente com políticas públicas destinadas aos mais pobres e vulneráveis.

Acesse a matéria completa: http://www.cnbb.org.br/covid-19-65-bispos-de-6-regionais-da-cnbb-pedem-atencao-especial-a-regiao-amazonica/

11 visualizações
  • Branco Facebook Ícone
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone SoundCloud

Contato

Telefone: (84) 3211-4491

E-mail: seapac.estadual@seapac.org.br

Endereço

Cep: 59065-290

Rua Trajano Murta, 3317 – Candelária, Natal-RN

Links Rápidos

©2018 por S.talk. Todos os direitos reservados SEAPAC-RN